APP discute ações jurídicas referente ao concurso público APP-Sindicato

APP discute ações jurídicas referente ao concurso público


null

Na manhã de hoje, a direção da APP-Sindicato se reuniu com o seu Departamento Jurídico para discutir procedimentoslegais, referentes aos problemas apontados na divulgação dos resultados da Prova de Conhecimentos (fase I e fase II) do concurso público para contratação de professores e professoras da rede estadual de ensino.

Ontem, durante todo o dia a direção da APP esteve acompanhando a situação. Além de atender os candidatos e candidatadas no Departamento Jurídico, se reuniu, no final do dia com representantes do governo para cobrar uma solução aos problemas de desorganização produzidos pela PUCPR, entidade contratada pelo governo para realizar o certame. (Confira aqui o relato da reunião).

A confusão criada  foi geral. Além do alto índice de reprovação na segunda fase da prova, os candidatos enfrentaram sérios problemas para ingressarem com recursos. As notas descritivas das provas da redação só entraram no ar tempos depois da abertura do prazo de recurso. Muitos candidatos receberam suas notas como se tivessem feito o concurso para outra disciplina e em outra região do Estado. O que causou uma série desconfiança da lisura do processo.

Após a reclamação dos candidatos e candidatas e a intervenção da APP-Sindicato junto ao governo, a PUCPR corrigiu o problema da identificação dos candidatos, disponibilizou as notas descritivas, e anunciou no dia de hoje a prorrogação do prazo para recursos ( até sábado(27/07) às 23:59 horas manhã) ao resultado da Prova de Conhecimentos Fase 2 – prova de redação.  

No entanto, até o momento não disponibilizou, no ambiente dos candidatos e candidatas as cópias das redações, o que dificulta o direito do candidato apresentar o seu recurso. 

AÇÕES JUDICIAIS – Diante deste quadro a diretoria da APP reafirmou na reunião de hoje seu posicionamento de manter toda a  estrutura jurídica do Sindicato à disposição dos candidatos e candidatas que se sentiram prejudicados (as). 

Assim, já no dia de hoje a APP-Sindicato ingressará com ações de candidatos e candidatas, solicitando que a Justiça determine que a PUC disponibilize, de forma imediata, as redações para  todos (as) os(as)  candidatos (as), aprovados (as) ou não na primeira fase da prova de conhecimentos. Ao mesmo tempo, apresentará o pleito de que o prazo para recurso comece a contar, a partir do momento da disponibilização das redações.

Prova de conhecimentos (Fase I) – Tendo em vista a publicação do resultado oficial da Prova de Conhecimento Fase I, a direção sindical coloca, mais uma vez, o departamento jurídico da APP à disposição dos candidatos e candidatas que queiram , através da justiça, solicitar a anulação  de questões da prova de conhecimento, visto que os recursos  apresentados pelos candidatos (as) não foram devidamente analisados pela equipe organizadora do concurso.

O candidato e a candidata sindicalizado (a),  que quiser solicitar a anulação de questões das provas, e estiver com o embasamento teórico para tanto, por favor entre em contato com o Departamento Jurídico do Sindicato.

MENU