Naufrágio de embarcação no Amapá

Naufrágio de embarcação no Amapá


null
No sábado, 12 de outubro, uma embarcação que levava diversos sindicalistas do Sindicato dos Servidores Federais (Sindsep) e da CUT-Amapá na procissão do Círio Fluvial, romaria que antecede as comemorações do Círio de Nazaré, naufragou na orla de Macapá, próximo ao Farol da Praticagem.

Até o momento foram confirmadas 14 mortes, dentre elas, a de Elizabeth Mourão Moraes, da Executiva da CUT-AP e do Sindsep-AP.  Vitor Gregório de Passos Nunes, de 9 anos, filho do companheiro Nunes, esposo de Odete Gomes, também está entre as vítimas fatais. O corpo do secretário de Administração do Sindsep-AP, Raimundo dos Santos Cardoso, foi encontrado nesta manhã.

Ainda estão desaparecidas quatro pessoas, incluindo a presidente da CUT no estado, Odete Gomes, e familiares de funcionários do próprio Sindicato. As buscas prosseguem. Oito equipes do Corpo de Bombeiros estão rodando o rio numa margem de 10 quilômetros. Pela manhã uma aeronave chegou ao local para dar o suporte aéreo

Os dirigentes da CUT Nacional Rogério Pantoja (diretor executivo), Carmen Foro (vice-presidente) e Pedro Armengol (secretário adjunto de Relações do Trabalho) continuam no local apurando informações e prestando solidariedade às vítimas e aos seus familiares.

A APP-Sindicato lamenta e solidariza-se com os companheiros e companheiras, assim como seus familiares.

Com informações da CUT Nacional

MENU