Mais uma do governo: hospitais do SAS não receberam pagamentos


null

 

Os atrasos dos repasses aos hospitais e estabelecimentos prestadores de serviços aos SAS têm sido constantes. Nesta segunda-feira (07), o hospital São Lucas, de Pato Branco, no sudoeste do Estado, suspendeu o atendimento para os(as) servidores(as) porque deveria ter recebido, até a segunda quinzena de março, o repasse referente ao mês de fevereiro. A situação é alarmante, pois todos os hospitais em contrato com o SAS estão com o pagamento em atraso.

Além de não honrar suas dívidas, o governo desrespeita também aos(às) educadores(as) que necessitam de atendimento urgente e não têm. A falta de compromisso os(as) professores(as) e com os(as) servidores(as) é recorrente. O secretário de saúde e previdência da APP-Sindicato, professor Idemar Beki, salienta que o Sindicato já entrou em contato com o DAS cobrando providências.

Confira abaixo algumas das matérias publicadas no site da APP, nos últimos seis meses sobre os atrasos nos repasses para os hospitais que atendem pelo SAS.


:: Governo continua a dar calote em hospitais 

:: Governo volta a dar calote em hospitais

:: SAS cancela atendimento em Jacarezinho 

:: Além de insistir no falido SAS, governo dá calote em hospitais  


A APP-Sindicato orienta ainda que Todas as reclamações referentes ao SAS necessitam ser registradas na Ouvidoria do SAS no endereço www.sas.pr.gov.br. A partir do registro da ocorrência é gerado um número de protocolo para que o SAS tome as devidas providências.

Na ocorrência, é necessário informar todos os detalhes referentes à reclamação, como data, horário, nomes das pessoas que fizeram os atendimentos e demais elementos relevantes.

A partir do registro da reclamação, a Ouvidoria do SAS tem até  sete dias úteis para retornar com a resposta. A APP reforçaa que sem o registro no endereço acima informado nada poderá ser feito. Para quaisquer dúvidas e informações referentes ao SAS, ligue: (41) 3313-6862 e 3313-6896. Nesses telefones, com o número do protocolo da sua ocorrência, você também poderá acompanhar o registro de sua reclamação.