Concurso – Publicamos informação errada


null

Alertamos os funcionários de escolas que participarão do concurso público que na edição nº 111 do jornal 30 de Agosto, página 8, afirmamos equivocadamente que a Seed retirou do conteúdo das provas alguns títulos do Estatuto do Servidor. Na verdade, os títulos nominados são aqueles que vão cair na prova.
Ela retirou, e isto está correto, alguns artigos da LDB.
Esta notícia foi divulgada de maneira correta aqui no portal da APP-Sindicato e reproduzimos a seguir:
Edital do concurso é alterado em parte
A Secretaria da Educação divulgou no final de junho alterações ao edital que convoca o concurso público para funcionários administrativos. As mudanças corrigem detalhe da pontuação da prova de títulos e retiram do conteúdo das provas artigos do Estatuto do Servidor e da LDB.
O Edital 89/05 altera parte do Edital 69/05. Para a prova de títulos serão aceitos cursos ou conjunto de cursos que somem 36 horas. Curso com carga horária maior será pontuado uma única vez. O candidato recebe um ponto por curso ou conjunto de 36 horas. A pontuação máxima aceita é 5. Os cursos devem ser reconhecidos e se relacionarem com os cargos postulados.
O edital definiu que apenas os títulos III, V, VI, VII, VIII e IX da lei 6.174/70, o Estatuto do Funcionário Público, devem ser estudados para as provas.
Da mesma forma, ele retira os artigos 43 a 57 da LDB – Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9394/96) do conteúdo das provas.