16 de Maio: Dia Mundial do(a) Funcionário(a) da Educação

Reconhecimento e valorização dos(as) agentes educacionais que compõem a comunidade escolar

A data é uma grande conquista. 16 de Maio comemora-se o Dia Mundial do(a) Funcionário(a) da Educação, que no mundo inteiro realiza as suas atribuições no ambiente escolar. A escola que é de todos(as) e para todos(as). A educação é fundamental na vida de cada ser humano.

Internacionalmente é o segundo ano da merecida homenagem. A data foi criada em 2018 pela Internacional de Educação (IE), em Bruxelas (Bélgica), com 36 países representados. Sendo o 16 de maio, o dia em que em todos os países será marcado pela reflexão sobre o trabalho fundamentalmente educativo e indispensável do “Pessoal de Apoio Educativo”, como mundialmente os(as) funcionários(as) são nominados(as). A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), afiliada da IE, enfatiza que para alcançar uma educação de qualidade é preciso buscar visibilidade, formação e valorização do trabalho.

O funcionário de escola e secretário Executivo da CNTE, José Valdivino de Moraes, destaca que fica um sentimento de que foi cravada a bandeira de lutas no topo do mundo, mesmo sabendo que não resolve o problema da invisibilidade dos(as) funcionários(as) da educação. “A dificuldade da organização é mundial, pois muitos funcionários não estão representados pelos sindicatos da educação. Além do problema da terceirização e privatização que afeta a educação. Os baixos salários estão presentes. Em geral, as pautas da educação que afetam os professores também atingem os funcionários. A luta é única dos educadores pelo mundo”.

A direção da APP-Sindicato homenageia o trabalho dos(as) agentes educacionais com orgulho e respeito. Sabe-se que uma escola é um conjunto, ninguém faz nada sozinho(a). A importância da relação entre a equipe diretiva, pedagógica, administrativa e os(as) professores(as), faz toda a diferença. Hoje, dia 16 de maio, é dia de celebrar mais um avanço: o reconhecimento internacional do trabalho dos funcionários e funcionárias de escolas como educadores(as).

Dia do Pessoal de Apoio Educativo – A secretária de Funcionários(as) da APP, Nádia Brixner, menciona o quão estratégico é fazer o debate dos(as) funcionários(as) de escola internacionalmente, pois, em cada país a realidade dos(as) trabalhadores(as) da educação não docentes tem suas peculiaridades. Inclusive, a IE trata como o Dia do Pessoal de Apoio Educativo. “O reconhecimento é importante e não só no papel. No Brasil, tivemos grandes avanços nas últimas décadas. Estamos quebrando lentamente o ciclo de que a educação acontece somente com professores. Somos protagonistas neste avanço aqui no Paraná, implementando políticas públicas fundamentais para o reconhecimento, como o próprio Concurso Público e o Profuncionário. Mas, nesse momento, o atual governo olha para nós e retrocede muitas décadas como se os funcionários e funcionárias não fossem responsáveis pela educação. Mas nós continuaremos fazendo a defesa da importância e da identidade educadora dos funcionários e funcionárias.”

A seguir algumas datas significativas na história de valorização e

reconhecimento dos funcionários e funcionárias de escola.

     Confira cronologicamente:

  • 1997 – Unificação da APP como Sindicato dos(as) professores(as) e funcionários(as);
  • 2005 – Início da profissionalização dos(as) funcionários(as) com o Profuncionário;
  • 2005 e 2006 – Concurso Público;
  • 2008 – Aprovação do Plano de Carreira;
  • 2009 – Reconhecimento dos(as) funcionários(as) como profissionais da educação com a alteração dos artigos 61 e 62 da LDB
  • 2016 – Decreto nº 8.752 que institui a Política Nacional de Formação dos(as) Profissionais da Educação Básica baseada no PNE;
  • 2018 – Reconhecimento em mais de 36 países com a instituição do Dia Internacional do Pessoal de Apoio Educativo, conhecidono Brasil como funcionários(as) da Educação.