08 de março: Dia de Hora-atividade Legal!

08 de março: Dia de Hora-atividade Legal!


Dia Internacional da Mulher, uma lembrança merecida no dia 08 de março. São muitas guerreiras que lutam por seu ideais e igualdades em uma sociedade considerada moderna, mas, que traz como bagagem heranças machistas. Nesta quarta-feira (08), a mobilização nacional “As mulheres vão parar” envolverá trabalhadoras de todos o país, que estarão nas ruas para protestar contra a impetuosa Reforma da Previdência, do governo Michel Temer (PMDB). O lema “Aposentadoria fica, Reforma sai” será o grande chamariz amanhã.

No Paraná, além da mobilização, as educadoras darão continuidade às ações da Hora-atividade Legal, ilegal é o governo Beto Richa! A busca por justiça e legalidades é unânime. Assim, os trabalhadores da educação são convidados a integrar essa defesa.

Afinal, o atual governo Federal resolveu aplicar uma Reforma Previdenciária como justificativa para equilibrar o cofre público – e ainda ganhou um forte seguidor no Paraná, o governador Beto Richa (PSDB) com a sua equipe administrativa. Os gastos federal e estadual foram excedentes aos respectivos orçamentos, e agora, para superar as crises, as medidas tomadas estão recaindo em especial aos(às) trabalhadores(as) com a retirada de diretos. As áreas primordiais serão afetadas, incluindo a educação que é a base para o futuro da nação.

O ano de 2017 não está sendo fácil. E na área educacional não está diferente, pois o ano letivo começou turbulento  tanto pela Reforma da Previdência como pela Resolução 113/2017 (Resolução da Maldade) e pela Resolução 357/2017.

Calendário da Hora-atividade – Nesta quarta (08), as aulas serão de 30 minutos e as últimas duas aulas serão destinadas aos debates, confecção de cartazes e ações para protestar pela falta de atenção ao ensino público. Afinal, o governo está impondo em 2017 que para cada docente a perda equivalente será de 2 aulas por semana, a cada turno de 20 horas.

Ação da hora-atividade – O governo do Estado foi notificado da decisão judicial que o obriga a cumprir a lei sobre a hora-atividade no dia 24 de fevereiro.  O Estado recorreu da decisão no Tribunal de Justiça (TJ) na última quinta-feira (02). A APP-Sindicato foi até a Secretaria de Estado da Educação (Seed-PR) na última sexta-feira (03) para cobrar o cumprimento da decisão.  Após a reunião, o Estado apresentou recurso no TJ. Nesta segunda-feira (06), o Tribunal manteve a liminar e aguarda cumprimento da decisão. Leia mais: Vitória! Justiça mantém decisão sobre hora-atividade

Hora-atividade Legal nesta quarta-feira (08):

– Mobilização da categoria nos turnos de funcionamento – as aulas serão de 30 minutos e as últimas 2 aulas serão com debates, confecção de cartazes e distribuição de material produzido pela APP.

– Mobilização Nacional “As mulheres vão parar” – material especial elaborado pela APP-Sindicato para debates com os(as) estudantes (Veja aqui).

APP-Sindicato e as ações que já ocorreram:

– 15 de fevereiro: Dia da Hora-atividade Legal!

– 21 de fevereiro: Dia da Hora-atividade Legal!

– 03 de março: Dia da Hora-atividade Legal, ilegal é o governo!

Dia Internacional da Mulher – uma luta diária:

Pedalada pelo Fim da Violência Contra as Mulheres acontece no dia 26 de março em Curitiba

Revista Mátria 2017

‘Dia sem mulher’: o mundo se prepara para uma greve internacional feminina

Violência psicológica é a forma mais subjetiva de agressão contra a mulher! Saiba como identificar

O valente não é violento

 

MENU