Sindicato cobra o calendário de pagamento das promoções dos(as) professores(as) e funcionários(as)

Governo do estado sinaliza que progressões serão pagas em dia

Sem reajuste da data-base há três anos e sem receber as promoções desde janeiro deste ano, os(as) educadores(as) estão com salários defasados. A APP-Sindicato cobra do governo do Estado o anúncio do calendário de pagamento. Nesta semana, o governo do Estado sinalizou que o pagamento das progressões na carreira acontecerá, conforme prevê a lei, em agosto para funcionários(as) e em outubro para professores(as).

A notícia é uma reivindicação histórica do Sindicato desde a implementação dos Planos de Carreira. As últimas promoções e progressões foram pagas em dezembro de 2017. Educadores(as) que protocolaram seus certificados de especialização em janeiro, por exemplo, estão há seis meses sem receber pela nova titulação. O Sindicato segue cobrando que os direitos dos(as) trabalhadores(as) sejam cumpridos.