• 17 de abril de 2017

Programa de bolsas de estudo da ONU para afrodescendentes recebe inscrições

O período de inscrição termina em 31 de maio de 2017

Década Internacional de Afrodescendentes - 2015 a 2024

Parte da Década Internacional de Afrodescendentes, programa oferece oportunidade de aprendizagem intensiva a pessoas de ascendência africana em questões de direitos humanos de particular importância para a mobilização antirracista em todo o mundo. O Escritório de Direitos Humanos das Nações Unidas abriu, em março, o período de inscrição para seu Programa Anual de Bolsas de Estudo para Pessoas Afrodescendentes.

Todos os anos, o Programa oferece uma oportunidade de aprendizagem intensiva a pessoas de ascendência africana em questões de direitos humanos de particular importância para as(os) afrodescendentes em todo o mundo. Os tópicos incluem: direito dos direitos humanos, formas de discriminação racial, acesso à justiça, ‘perfilamento racial’ (racial profiling), entre outros. Bolsistas aprendem sobre uma ampla gama de instrumentos e mecanismos legais antirracismo da ONU, promovendo capacitação para combater o racismo e a discriminação racial, bem como na proteção e promoção dos direitos humanos.

Após a conclusão do programa de três semanas de duração, os bolsistas anteriores realizaram iniciativas de conscientização e capacitação de direitos humanos para a sociedade civil que trabalha para promover os direitos de afrodescendentes em seus respectivos países. Bolsistas também apoiaram o envolvimento da sociedade civil com a ONU durante as missões em seus países, entre outras contribuições.

O Programa de Bolsas de Estudo é uma das principais atividades realizadas durante a Década Internacional de Afrodescendentes das Nações Unidas (2015-2024), lançada para melhorar efetivamente a situação dos direitos humanos dos povos afrodescendentes em todo o mundo.

O período de inscrição termina em 31 de maio de 2017. Candidatas(os) devem ser fluentes em inglês, ter um mínimo de 4 anos de experiência profissional na promoção de direitos afrodescendentes e devem fazer parte de uma organização que trabalha em questões relacionadas com pessoas de ascendência africana ou direitos das minorias. Candidatas(os) devem apresentar o currículo e uma carta da sua organização, certificando o seu estatuto.

Bolsistas selecionadas(os) devem estar disponíveis para assistir todo o Programa, que será realizado em Genebra, Suíça, de 13 de novembro a 1º de dezembro de 2017. Todas as informações estão em: www.ohchr.org/EN/Issues/Racism/WGAfricanDescent/Pages/FellowshipProgramme.aspx.

Fonte: SinproDF

Estudantes e educadores(as) protestam contra o fechamento de colégio centenário em Curitiba

Nos seus 106 anos de história, o Colégio Estadual Barão do Rio Branco, nunca passou por um período de ameaça…

Beto Richa gastou R$ 131 milhões com propaganda em 2016

  Parecia que 2016 ia ser só o ano das eleições municipais, mas foi também o ano que o governo…

Enquete: a APP-Sindicato quer ouvir você, educador(a)!

A APP-Sindicato quer saber os problemas que acontecem no ambiente escolar e que têm prejudicado a saúde de professores(as) e…
550Dias 21Horas 24Minutos 33Segundos

Eventos

VII Conferência Estadual de Educação da APP-Sindicato

Data inicial: 28 de julho de 2017

Data final: 29 de julho de 2017

Local: em Curitiba

Nos dias 28 e 29 de julho do corrente, a APP-Sindicato organiza a VII Etapa Estadual da Conferência da Educação. Este é um momento de participação e apresentação de propostas para a melhoria da educação básica paranaense. Os(As) sindicalizados(as) que tenham interesse em participara da Etapa Estadual necessitam ser eleitos(as) delegados(as) na etapa regional que acontece entre maio e junho, nos Núcleos Sindicais da APP-Sindicato.