• 20 de abril de 2017

Professores(as) municipais da Lapa sofrem com ataque aos salários

Câmara de vereadores da cidade teve sessão de 3 minutos para aprovar projeto de lei contra a educação

Foto: Canal da Cidade
Foto: Canal da Cidade

Os(as) professores(as) da Lapa estão enfrentando um ataque ao seu plano de carreira no município. O prefeito, Paulo Furiati (PMDB), encaminhou um Projeto de Lei à Câmara de Vereadores que implica em redução salarial para os(as) professores(as).

Na última terça-feira (18), mesmo sob protestos da categoria, a maioria dos vereadores do município aprovou o Projeto de Lei 020/2017 em uma sessão de menos de 3 minutos. Foram seis votos contra um. O secretário de Assuntos Municipais da APP-Sindicato, professor Celso José dos Santos, reforça que a atitude dos vereadores foi um desrespeito à educação. “É uma indignidade o prefeito ter apresentado esse projeto e os vereadores aprovarem esse projeto em meio uma grande manifestação da categoria”, destaca.

Os(as) educadores(as) fizeram uma greve da categoria em março deste ano, denunciando o ataque da prefeitura aos salários dos(as) professores(as). O PL 020/2017 aprovado pelos vereadores estabelece que os(as) professores(as) em início de carreira tenham reajuste salarial anual considerando o percentual de correção do Piso Nacional do Magistério. No entanto, os(as) professores(as) com mais tempo de trabalho e qualificações não terão o mesmo reajuste. Essa alteração ataca direitos adquiridos pelos(as) educadores(as) nos últimos anos e acarreta em perda salarial .

Celso destaca que a justiça determinou a realização de uma audiência de conciliação com a categoria. “A justiça determinou que a administração municipal realizasse uma audiência de conciliação com a categoria para superar esse impasse, para que nós, de fato, tenhamos um debate sobre o plano de carreira, sobre as condições de trabalho, sobre a valorização do magistério. Por isso, deixamos aqui registrado o nosso apoio à luta da categoria. A APP-Sindicato continua firme para reverter essa situação”, finaliza.

 

Gazeta do Povo retira do ar ‘Monitor da Doutrinação’

O jornal Gazeta do Povo notificou, nesse final de semana, que não manterá no ar a plataforma de denúncias contra…

Inscrições abertas para o Ciclo de Palestras Africanidades e Educação

Dentro do Ciclo de Palestras Africanidades e Educação, o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (Neab) da UFPR promoverá entre 11 e 13…

“Não há justificativa para redução de salários”, afirma presidente da APP-Sindicato

Diante do quadro de ameaças às conquistas históricas na carreira dos(as) trabalhadores(as) e dos ataques à comunidade escolar em todo…
384Dias 02Horas 06Minutos 57Segundos

Eventos

Não há próximos eventos.