• 19 de abril de 2017

Plataforma pressiona parlamentares a votarem contra a reforma da Previdência

De maneira interativa, a plataforma busca ser um instrumento de pressão em defesa da aposentadoria

O posicionamento de cada deputado em relação à polêmica reforma da Previdência agora pode ser acessado de forma fácil e rápida por meio do Placar da Previdência. A plataforma, lançada nesta quarta-feira (18), foi criada como “um instrumento de pressão em defesa da aposentadoria e contra a reforma da Previdência”, como definem os articuladores da iniciativa – jornalistas, ativistas e hackers da redelivre.org, junto a entidades do movimento popular e sindical.

De uma maneira interativa e de fácil manuseio, o Placar se coloca ao lado da “pressão que acontece nas ruas” contra o projeto do presidente golpista, Michel Temer (PMDB).

Segundo o site, o objetivo é que as pessoas possam enviar um e-mail, com apenas um clique, para todos os deputados, demonstrando seu descontentamento com a medida. Segundo os organizadores, “a reforma da Previdência vai prejudicar o povo brasileiro, principalmente os trabalhadores mais pobres, professores e outros funcionários públicos, a juventude, as mulheres, os trabalhadores rurais e os pensionistas”.

Além do posicionamento dos deputados, o site traz subsídios informativos sobre a reforma e os principais pontos em debate, como o suposto déficit da Previdência, a forma que ela atingiria a vida das pessoas e o fato dela afetar mais de 500 cidades brasileiras que contam com o benefício como principal elemento da sua economia. E também quem são os grandes interessados nessas mudanças, que, no caso, teria “um único beneficiário: os bancos que vendem planos de previdência privada”.

Acesse placardaprevidencia.com.br para mais informações.

Edição: Vivian Fernandes

Fonte: Brasil de Fato

PL estabelece medidas de proteção ao(as) educadores(as) vítimas de violência

O deputado estadual Professor Lemos, apresentou nesta quarta-feira (12), o Projeto de Lei que estabelece medidas e procedimentos para casos…

Reforma Trabalhista: saiba como votaram os(a) senadores(a) paranaenses

Prioridade do governo e do mercado, mas rechaçada pela maioria da população, a reforma trabalhista foi aprovada pelo plenário do…

Encontro Estadual Heroínas Negras Brasileiras será nos dias 21 e 22 de julho, na APP

A APP-Sindicato, a Central Única dos Trabalhadores do Paraná (CUT-PR), o Núcleo de Direitos Humanos da Pontifícia Universidade Católica (PUC-PR)…
494Dias 16Horas 43Minutos 17Segundos

Eventos

Não há próximos eventos.