FES cobra solução da Seap sobre desconto indevido do cartão Vida Paraná


Servidores prejudicados precisam solicitar cancelamento e devolução de valores cobrados sem autorização

Dirigentes da APP-Sindicato, representando o Fórum das Entidades Sindicais do Paraná (FES), se reuniram na tarde desta sexta-feira (11) com a Secretaria de Estado da Administração e da Previdência (Seap) para cobrar respostas e soluções sobre desconto indevido do cartão Vida Paraná no contracheque de servidores(as) públicos.

Diante da gravidade da situação que atinge milhares de trabalhadores(as), também foi solicitado cópia do contrato entre o Estado e a empresa Metta Card e da notificação que o governo disse ter feito pedindo providências.

De acordo com o diretor da Seap, Francisco Farah, os(as) servidores(as) prejudicados(as) devem entrar em contato com a Metta Card para solicitar o cancelamento da cobrança e a devolução dos valores descontados sem autorização.

Os telefones da central de atendimento são 4003-0759, 4020-2517, 4007-2727 e 0800 000 2727. É possível realizar o contato também através do telefone celular/ WhatsApp 41 99930-7048 e do e-mail atendimento@mettacard.com.br.

Farah disse que a empresa foi notificada a devolver os valores cobrados indevidamente ou apresentar comprovação se houve adesão do serviço. O gestor afirmou que o expediente foi enviado há cerca de uma semana e aguarda resposta.

De acordo com relatos de servidores(as), há registros desde janeiro deste ano de desconto mensal no valor de R$ 9,90, referente a uma suposta adesão a um serviço denominado Metta Clube. Os trabalhadores garantem que não solicitaram o serviço, nem autorizam qualquer cobrança.

Conforme promessa do governo em 2014, o Vida Paraná trata-se de um cartão de benefícios vinculado ao Sistema de Assistência a Saúde (SAS), sem cobrança de taxas e anuidade, informação que continua disponível no site www.vidaparana.com.br.

Foto: Cláudia Morais