Warning: Error while sending QUERY packet. PID=25435 in /var/www/wp-includes/wp-db.php on line 1887
  • 20 de abril de 2017

Estrutura das escolas dificulta o trabalho dos(as) professores(as) e funcionários(as)

Tecnologia a favor da educação há anos reivindicada pela APP-Sindicato

Foto: José Adair
Foto: José Adair

Reclamações constantes surgem em relação à estrutura escolar na educação pública do Paraná. Quando a tão almejada tecnologia aparece para agilizar as atividades rotineiras nas salas de aula, outro entrave prevalece. A implantação do Registro de Classe Online (RCO), uma reivindicação da categoria, ainda não funciona corretamente nas escolas pela ausência de equipamentos e internet (redes Wi-Fi).

Após anos de solicitação da APP-Sindicato, a ferramenta adotada pela Secretaria de Estado da Educação (Seed/PR) visa facilitar a vida dos(as) educadores(as). No entanto, um efeito contrário ocorre. Afinal, a realidade nas escolas públicas compromete o sistema justamente por não possuírem estrutura compatível para comportar o uso do sistema online com praticidade e agilidade.

A substituição dos tradicionais livros de registro pelo RCO para armazenar desde a frequência dos(as) alunos(as), notas e outras atividades dos(as) professores(as) apresenta limitações funcionais. Cabe aqui a pergunta que não quer calar sobre o sucateamento dos equipamentos escolares: quais os reais motivos para a não atualização?

Segundo a secretária Educacional da APP, professora Walkiria Mazeto, para que funcione o RCO na maioria das escolas, os professores e professoras precisam utilizar tablet e celular pessoais para fazer as chamadas. “Como não tem Wi-Fi disponível nas salas, as direções das escolas se obrigaram a arrecadar recursos entre os próprios trabalhadores. Ou utilizam recursos da Associação de Pais, Mestres e Funcionários (APMF) para a manutenção da internet. É uma realidade inaceitável!”, enfatiza Walkiria.

Como adequar aos dias atuais computadores liberados com acesso à internet para as escolas estaduais na época da criação do programa Paraná Digital (PRD)?

Recordar é preciso. Entenda o que significa o PRD (software livre). É projeto de inclusão digital para atender a política de Estado das escolas públicas, incluindo as rurais, totalizando 2.100 instituições de ensino. O objetivo de instalar um laboratório de Informática com acesso à internet nas unidades. Na prática, o uso continuado dos laboratórios com ferramentas funcionais, disponibilizado por meios educacionais (computadores e internet) para melhorar a qualidade do ensino.

A verdade é que a tecnologia avança e precisa de adaptação para ganhar espaço nas salas de aula, mas os investimentos necessários não estão em sintonia nos dias de hoje. Os(as) professores(as) continuam sendo obrigados(as) a levar atividades para fazer em casa, mesmo tendo o tempo reduzido da hora-atividade para tais demandas – de acordo com a Resolução 113/2017 (Resolução da Maldade). A modernização ainda não consegue cumprir devidamente o seu papel no cenário da educação paranaense.

Na última semana, durante atividades no interior do Estado, o secretário de Comunicação da APP, Luiz Fernando Rodrigues, escutou depoimentos de educadores(as). “Visitei uma professora no feriado de Páscoa e ela havia deixado de fazer suas tarefas para tentar, em casa, registrar a chamada da semana dos estudantes. Isso é um absurdo! Além de não agilizar o trabalho da professora, ela precisa levar tarefas para a casa”, finalizou Luiz Fernando.

Um entre tantos casos relatados:

Professor Davi dos Santos, do Colégio Padre Antônio Vieira, de São José dos Pinhais (Região Metropolitana de Curitiba) – “O RCO é uma proposta boa. Elimina a questão dos livros e faz a somatória automática. O problema é que não tem estrutura de funcionamento e fica travando vários dias. Como nem todas as escolas possuem Wi-Fi impossibilita fazer a chamada em tempo real. Por isso, muitos professores estão levando para fazer em casa pela dificuldade do acesso. Nestas condições não conseguimos manter o diário em dia. Ainda está precário”.

O Sindicato insiste para que a estrutura possa ser disponibilizada tanto em aparelhos como na internet a todas as escolas da rede pública do Paraná.  A busca é de melhorias à educação com qualidade de ensino e de vida aos(às) educadores(as).

::APP-Sindicato participa de mesa de negociação com Seed

Fonte: Joka Madruga

1º de outubro é o Dia Internacional da Pessoa Idosa

Em 1991 a Organização das Nações Unidas  (ONU) instituiu o 1º de outubro como o Dia Internacional da Pessoa Idosa…

Prêmio Jovem Negro de Literatura 2017

Jovens autores(as) negros(as) de todo Brasil já podem se inscrever no Prêmio Jovem Negro de Literatura 2017, organizado pela Faculdade Zumbi dos…

APP alerta: sindicalizado(a) desconfie e denuncie qualquer contato pedindo dinheiro

Novamente, a categoria  tem atraído a atenção de golpistas. A APP-Sindicato pede atenção aos(às) seus(suas) sindicalizados(as) para o golpe da…
437Dias 20Horas 14Minutos 30Segundos

Eventos

Não há próximos eventos.