Eleja os(as) representantes da APP na sua escola!

  • 22 de Fevereiro de 2016

A greve de 2015 é um exemplo didático da importância do papel do(a) representante de escola nas mobilizações da nossa categoria. Durante a paralisação, os comandos de greve nas escolas que tinham representantes eleitos conseguiram atuar de maneira ainda mais ágil, algo decisivo para o envolvimento e adesão massiva dos(as) educadores(as) ao movimento. E a eleição de representantes da APP-Sindicato nas unidades, promovida anualmente pela entidade, integra a Organização por Local de Trabalho (OLT), uma iniciativa dos sindicatos, através da qual o trabalhador se reveste de uma importância singular, pois é através do seu trabalho que pode se dar uma grande ação transformadora da sociedade.

“A OLT é um dos maiores desafios que nós, os trabalhadores e trabalhadoras em Educação, teremos para o próximo período. É no local de atividade, na escola, que fazemos a luta contra a precarização do trabalho e a retirada de direitos. Através dela também avançamos numa pauta positiva, na conquista de novos direitos. Portanto, a escola deve ser, para nós, um território de lutas”, explica a secretária de Organização da APP, professora Tereza Lemos. De acordo com ela, esta organização não pode acontecer esporadicamente e apenas nos momentos de embates. “É preciso que façamos da nossa escola um território de luta permanente”, acrescenta.

Para a secretária da APP, quando organizados(as), os(as) trabalhadores(as) não representam somente os seus interesses imediatos, mas os da sociedade e, em especial, os da sua comunidade escolar. “Os representantes por local de trabalho da APP são eleitos nas escolas. Em alguns lugares, um representante por unidade. Em outros, um representante por turno. Esta forma de organização é reflexo da própria estrutura de organização de trabalho. Uma reflexão que temos que fazer é que esta representação, nas escolas, precisa ser vista como uma representação dos interesses do próprio trabalhador, da comunidade e do sindicato”, esclarece a diretora, relembrando que professores(as) e funcionários(as) podem exercer este papel.

“O representante de escola é o elo mais forte e fundamental do sindicato”, sentencia. Segundo Tereza, a função dele(a) é ligar categoria e comunidade escolar com a entidade, trazendo, para junto desta, as preocupações e anseios da escola. E definindo, assim, os rumos da ação sindical. “Sempre no intuito de fortalecer a construção da escola pública, democrática, gratuita, laica e de qualidade”, define Tereza. Saiba, a seguir, como organizar a eleição de representante na sua escola:

1º) Reunir professores(as) e funcionários(as) da escola, por turno.  Fazer um debate sobre o tema e o levantamento dos nomes que se dispõem a realizar este importante trabalho.

2º) Realizar uma votação.  A pessoa mais votada, por turno,  será  titular. A segunda mais votada será suplente. Preenche-se a ata, no formulário enviado pela APP-sindicato. Todos(as) presentes assinam a ata, mesmo que não sejam sindicalizados(as). A ata deverá entregue no núcleo sindical de sua região.

3º) Após a eleição todos(as) os(as) representantes e suplentes devem acessar o recadastramento da APP-sindicato para atualizar o seu cadastro como representante escola. Isso é muito importante, pois assim você receberá periodicamente informações  de interesse dos(as) representantes de escola.

Relacionados

APP-Sindicato realiza eleições no dia 19 de setembro

Atenção, trabalhador(a) da educação: está chegando a hora de escolher os(as) representantes da APP-Sindicato na Direção Estadual, Direções Regionais, Conselho…

Caravana pela Educação da APP começou hoje (22) Centenas de escolas serão visitadas nesta nova etapa da Caravana

Começou hoje (22), a Caravana pela Educação da APP-Sindicato, que nesta etapa vai passar pelas escolas de Curitiba e Região…

Última chance para aderir ao acordo da Ação CLT do Piso de Três Salários Prazo para entrega do termo de adesão termina no dia 9 de março

Atenção educadores(as)! Termina no dia 9 de março o prazo para entrega do termo de adesão ao acordo para receber…
311Dias 15Horas 07Minutos 54Segundos

Eventos

Caravana da Educação em Curitiba e Região metropolitana – debate com a comunidade escolar da pauta e construção da greve.

Data inicial: 22 de Fevereiro de 2018

Data final: 24 de Fevereiro de 2018

Mobilização / Jornada / Mutirão em Defesa da Educação Pública junto à comunidade escolar

Data inicial: 24 de Fevereiro de 2018

Data final: 31 de Março de 2018

Assembleias Regionais para avaliação e preparação da Assembleia Estadual

Data inicial: 26 de Fevereiro de 2018

Data final: 1 de Março de 2018

Assembleia Estadual da APP-Sindicato

Data: 3 de Março de 2018

Local: a definir

Atos pelo Dia Internacional da Mulher.

Data: 8 de Março de 2018