Conselho Nacional de Educação autoriza até 30% de aulas a distância no Ensino Médio

APP defende a aula presencial para uma educação pública de qualidade a todos(as)

Foto: Divulgação

A aprovação pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) de novas diretrizes ao Ensino Médio choca a comunidade escolar que labuta diariamente, ou seja, educadores(as) presentes no cotidiano escolar. A Resolução aponta de 20% (diurno) a 30% (noturno) como possibilidade de carga horária ofertada em Ensino a Distância (EAD).

A APP-Sindicato aponta as suas críticas reforçando que a escola é um bem público que está a serviço da sociedade. Sendo assim, permitir que o ambiente físico escolar seja substituído em prol de uma educação a distância é romper com o comprometimento do ensino ofertado e da interação necessária para a comunidade escolar, que envolve alunos(as), professores(as) e pedagogos(as), funcionários(as), pais, mães e responsáveis.

A secretária Educacional da APP, professora Taís Mendes, aponta três principais questionamentos para a análise desse tema. “Primeiramente sobre a transferência de recursos da iniciativa pública para a privada. A segunda abordagem refere-se sobre a educação a distância que tira o convívio do aluno com o ambiente escolar, sendo que ele passa a se isolar e não se socializa convivendo com as diferenças. Outra questão é a tecnologia, salientando que não somos contra o uso, mas tem que ser algo aliado – um complemento”, finaliza Taís destacando a defesa da escola pública com qualidade para todos(as).

Pesquise e reflita:
Ensino médio e fundamental a distância é um risco à qualidade do aprendizado. Estudantes desta faixa etária ainda podem apresentar mais dificuldade para se regrar individualmente e além da assimilação não completa de conteúdo há o risco da perda da construção de relações sociais e da troca de experiências. Outra abordagem é sobre a ameaça de desemprego de vários(as) professores(as) pela redução do número de docentes em salas de aula. As aulas transmitidas ou gravadas atingem uma quantidade enorme de alunos(as), mas, o(a) professor(a) não consegue dar assistência e atender a necessidade de cada aluno(a) pela web como acontece presencialmente.