Calendário Escolar 2019: novas datas da Semana Pedagógica

Seed divulga alteração no calendário escolar. Retorno dos(as) educadores(as) será dia 11 de fevereiro

Atenção, professores(as) e funcionários(as) de escola: a Secretaria de Educação divulgou as novas datas para o ano letivo de 2019.  Para os(as) estudantes, as aulas  da rede pública estadual começam em 14 de fevereiro, conforme previsto anteriormente.  Já para os profissionais da educação, o retorno acontece em 11 de fevereiro, com as atividades da Semana Pedagógica, que este ano será dividida em três períodos: dos dias 11 a 13 de fevereiro; 25 e 26 de julho e, no dia 05 de outubro.

A orientação é que a distribuição de aulas aconteça entre  1 a 9 de fevereiro. No calendário anterior, a Semana Pedagógica aconteceria nos dias 7, 8, 11, 12 e 13 de fevereiro. A mudança não altera as demais datas previstas no calendário. O primeiro semestre terminará em 12 de julho e as aulas do segundo semestre começam no dia 29/07. O último dia letivo será 19 de dezembro.

Para o próximo ano letivo e  a APP-Sindicato revindicou e conseguiu, do atual secretário de Educação, Renato Feder, o compromisso de que a publicação da Resolução de Aulas seja publicada em novembro. Assim, os(as) educadores(as) poderão entrar em recesso já com as aulas do próximo ano letivo organizadas.

A APP-Sindicato defende que o calendário apresentado no final do ano passado seja mantido. “Apresentamos à Seed várias propostas de alteração e muitas não foram acatadas. Uma delas era a manutenção de, pelo menos, duas semanas inteiras de recesso em julho para possibilitar descanso aos profissionais das escolas”, afirmou Hermes Leão, presidente da APP-Sindicato. Segundo ele, muitos educadores(as) já programaram viagens e outras atividades para o recesso de julho considerando a resolução do calendário que a própria secretaria havia divulgado.

O Sindicato também considera importante e sempre foi um pedido para que professores(as) e funcionários(as) PSS pudessem participar da semana pedagógica, porém entende que isso pode ser organizado sem diminuir o recesso de julho. Por isso, a direção da APP ira pedir revisão da medida anunciada pela Seed.

A APP estará presente na Semana Pedagógica com uma momento de formação e debates sobre as revindicações da categoria. Um material especial está sendo preparado pelo Sindicato para embasar os temas, à exemplo dos anos anteriores.

Com informações: Seed/PR