• 16 de março de 2016

Assim é que se vê: PL920 será desmembrado

Projeto proposto pelo governo do Estado é considerado inconstitucional e tramita na Assembleia Legislativa

Foto: Aline Lima

O governo tentou, mais uma vez, atacar a categoria e o sindicato. Com o PL920 o governo tentava restringir a sindicalização dos(as) servidores(as), afetando diretamente seu direito de organização por meio do sindicato.

Na tarde de hoje (16) a galeria da Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) da Alep foi ocupada por servidores(as) públicos(as), em sua maioria educadores(as) aposentados(as) que estão em reunidos no Coletivo Estadual de Aposentados(as), em Curitiba. Além disso, sindicatos integrantes do FES também participaram da mobilização na Assembleia Legislativa do Paraná.

Os deputados retiraram o artigo primeiro do PL, que tratava da consignação da filiação para todos os servidores(as) públicos do Estado e deverá tramitar em separado e, portanto, continuaremos atentos. Em vídeo, a secretária de Finanças da APP, Marlei Fernandes, explica como foi a mobilização.

 

Estudantes paranaenses não concluirão ano letivo

O governo do Estado do Paraná segue com suas ameaças e retaliações à categoria, comprometendo o aprendizado dos(as) estudantes da rede…

70 anos da APP e a festa é na rua!

Quem passar pela rua XV de novembro, no Centro de Curitiba, nesta quarta-feira (26) por volta do meio dia, poderá…

Rodrigo Maia manobra e Câmara aprova urgência para Reforma Trabalhista

Mais uma vez de forma autoritária, a Câmara dos Deputados, sob a batuta do presidente Rodrigo Maia, atropelou o regimento interno…
613Dias 13Horas 27Minutos 09Segundos

Eventos

Seminário e oficina estadual sobre assédio moral e adoecimento dos(as) trabalhadores(as) em educação

Data inicial: 26 de abril de 2017

Data final: 27 de abril de 2017

Local: a definir

A APP-Sindicato realizará neste dia um Seminário e uma oficina estadual que traz como tema principal o assédio moral e o adoecimento dos(as) trabalhadores(as) em educação. Logo em nosso site mais informações sobre esse evento.

18ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública – CNTE.

Data inicial: 17 de abril de 2017

Data final: 28 de abril de 2017

Com o tema: “Democrática e Crítica, a Educação Pública não está à venda” a CNTE – Confederação dos Trabalhadores em Educação está promovendo, entre os dias 17 e 28 de abril, um debate nas escolas, com a comunidade escolar, nos bairros, nas feras e nos comércios sobre a Reforma da Previdência, a Reforma Trabalhista e a Terceirização. Para além, do debate sobre o Direito à Educação Pública e de Qualidade, a Lei da Mordaça e a Reforma do Ensino Médio e destaque para os temas dos(as) funcionários(as) de escola. Clique no link http://www.cnte.org.br/index.php/campanhas/18227-18-semana-nacional-em-defesa-e-promocao-da-educacao-publica-2017.html para outras informações e acesso ao material de debate.

A Assembleia Estadual da categoria também deliberou por Greve Geral no dia 28/04 –  Dia de Luto e Luta em memória dos 2 anos do Massacre do 29 de abril, com atos estadual, regionais e nos municípios juntamente com demais sindicatos, centrais sindicais e movimentos sociais. Ato com concentração no Centro Cívico, em Curitiba.

Lançamento do livro “70 anos da APP-Sindicato”.

Data: 29 de abril de 2017

Local: a definir