APP-Sindicato cobra do novo secretário atendimento da pauta

Debate principal tratou da resolução de distribuição de aulas

Foto: APP-Sindicato

Nesta segunda-feira (7), dirigentes da APP-Sindicato deram continuidade no trabalho de cobrança da pauta dos(as) professores(as) e funcionários(as) de escola do Paraná. Dentre os assuntos abordados, o debate principal tratou da resolução de distribuição de aulas.

O Sindicato enfatizou para o novo secretário de Estado da Educação, Renato Feder, os impactos causados pelas maldades adotadas pelo governo do Paraná, desde a gestão Richa, que reduziu a hora-atividade e passou a punir professores(as) que tiveram necessidade de se afastar por motivo de doença.

O presidente da APP-Sindicato, professor Hermes Leão, destacou que, após a entrada em vigor, essas medidas têm apresentado reflexo direto na qualidade do ensino e principalmente causado o adoecimento dos(as) trabalhadores(as).

O secretário prometeu analisar as questões apresentadas durante o encontro e realizar um novo debate com o Sindicato ainda esta semana para dar continuidade nas tratativas e avançar na discussão de outras pautas.

Reivindicação da categoria e da APP-Sindicato, Feder assumiu o compromisso de, para os próximos anos, antecipar a publicação da resolução. Para o ano letivo de 2020, por exemplo, ele disse que o documento será publicado até novembro deste ano.

O secretário ainda apresentou o novo superintendente da pasta, Raph Gomes Alves, – com passagens pelas secretarias de Estado da Educação de Goiás, Alagoas e Sergipe, e no Ministério da Educação durante o governo Temer (MDB) – , e a chefe do Grupo de Recursos Humanos Setorial, Graziele Andriola.

Também participaram da reunião os(as) secretários(as) da APP-Sindicato de Educacional, Taís Mendes, de Comunicação, Luiz Fernando Rodrigues, de Organização, Tereza Lemos, de Assuntos Jurídicos, Mario Sergio, o deputado estadual Professor Lemos (PT), e o chefe de gabinete do deputado estadual Russein Bakri (PSD) – líder do governo e presidente da Comissão de Educação na Assembleia Legislativa do Paraná -, Marcelo Schlenert.